O Estudo do Artista

51276380_2367781260172007_636440898304999424_n

O melhor caminho para auxiliar a criança no desenvolvimento da sensibilidade estética e dos critérios que levam à apreciação bem informada da arte, é colocá-la desde cedo em contato com obras de artistas consagrados pela tradição. Isso vale tanto para as artes plásticas como para a música. Assim pensava Charlotte Mason, educadora britânica do século XIX que criou um currículo escolar muito particular, que até hoje é utilizado em escolas do hemisfério norte e por famílias que praticam a educação domiciliar. No Brasil, é crescente o número de famílias que ensinam seus filhos em casa pelo método de Charlotte Mason. Se você quiser saber mais sobre o trabalho dessa notável educadora,  clique aqui nesse link.

Mas hoje quero falar aqui, especificamente, sobre uma atividade proposta por C. Mason para o estudo da arte. Trata-se do Estudo do Artista, que consiste em apresentar à criança, durante três meses, de seis a oito reproduções de obras de um mesmo pintor, uma de cada vez. Funciona assim. Escolha um lugar de destaque, e a cada 15 dias, disponha ali uma das imagens. Tendo sempre como medida o interesse manifestado pela criança, aos poucos, você pode explorar alguns detalhes da obra, fornecer informações sobre o artista e o contexto do quadro. O importante é não atropelar a sua curiosidade. O objetivo principal é que ela conheça a obra, veja e reveja muitas vezes, tenha a oportunidade de concentrar a sua atenção e apreciá-las de maneira livre e espontânea. O estilo do artista deixará uma impressão profunda e duradoura em sua imaginação.

A escolha do artista é livre, e fica a seu critério. Uma dica importante: não ceda à tentação de apresentar todas as obras de uma só vez. E – agora falando por mim mesma e não por Charlotte Mason – organize a atividade de um modo que, ao final do trimestre, a criança possa ver todas as obras em conjunto. Apresentei desse modo Leonardo da Vinci ao meu filho, que está prestes a completar 6 anos, e não poderia ter ficado mais satisfeita com o resultado. Lemos o “Da Vinci” da Coleção Crianças Famosas, e assistimos juntos alguns vídeos que mostravam a obra do artista em museus pelo mundo. O próximo trimestre ele vai conhecer Rafael Sânzio, e no outro Sandro Botticelli, pois, no nosso caso, o critério será cronológico. Esse ano será dedicado aos mestres do Renascimento.

Eu recomendo o Estudo do Artista, nesses moldes, para professores e pais. Trata-se de uma atividade muito simples, que pode envolver crianças de várias idades de uma só vez. Basta-nos conseguir as seis reproduções e coletar informações que nos permitam responder as perguntas que vierem. Essa parte – a da pesquisa – é aquela que nos toca diretamente: o Estudo do Artista também nos dá uma ótima oportunidade para complementarmos a nossa própria educação.

         *          *           *

Imagem:

Leonardo Da Vinci, “Dama com Arminho” (1489-1490)

 

*          *          *

2 comentários sobre “O Estudo do Artista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s